4 de fevereiro de 2018

Cabelos brancos em transição - Clareando o comprimento sem pintar a raiz


Como eu sempre falo, o mais difícil na transição dos cabelos pintados para os cabelos naturais com fios brancos, é o contraste entre a parte com tinta e a natural, sem tinta.
Quando se deixa de pintar, a parte crescida, para quem tem menos de 100% de brancos , cresce em dois tons, os brancos e os fios na cor natural dos cabelos.

É este o meu caso. A raiz tem fios brancos e fios escuros, na cor natural dos meus cabelos. A parte pintada está acobreada, resultado do uso do Dekapcolor, que foi uma tentativa de clarear os cabelos para amenizar o contraste entre os fios brancos e a parte pintada na cor escura.
Hoje eu percebo que teria sido melhor não ter usado o dekapcolor, pois eu não fazia ideia da quantidade de brancos que eu tinha. Normalmente eles não ficam uniformemente distribuídos na cabeça e se concentram mais na parte da frente. Em mim, mais nas entradas laterais.
Eu devia ter aguardado os cabelos crescerem, pelo menos 3 cm, para visualizar as áreas de maior concentração de brancos e após, clarear mechas nestes locais, somente no comprimento e a partir da raiz branca, descolorindo apenas a parte pintada. Mas em vez disso, eu usei o dekcapcolor, rss.
Já faz 5 meses que deixei de pintar os cabelos. Até agora está bem tranquila a fase de transição. Já estou bem adaptada. A única coisa que me incomoda um pouco é o tom acobreado do comprimento, já a raiz está linda, saudável e brilhosa. Eu já cortei 3 vezes os cabelos depois que parei de pintar e, aos poucos, toda a tinta deve sair. Mas daqui há duas semanas será a formatura do meu caçula e eu comecei a me preocupar um pouco com o penteado. Principalmente devido à cor acobreada.
Então resolvi fazer umas luzes nos locais que tenho mais brancos. Fiz hoje e em casa. Usei touca plástica (não use de borracha) e agulha de crochê. Puxei mais fios na entradas, onde tenho muitos brancos e bem poucos fios por toda a cabeça. Depois de puxar os fios, eu puxei para cima a touca para livrar a raiz. Se a sua raiz estiver com 5 cm, por exemplo, é esse o tanto que você deve puxar a touca. Assim toda a raiz virgem ficará por baixo da touca e você só descolorirá o comprimento. Usei pó descolorante Blond Studio da L'Oreal com água oxigenada 30 volumes. O pó da L'Oreal promete clarear até 8 tons e clareou bem, mesmo tendo usado o dekapcolor. Eu podia ter puxado mais fios, mas posso fazer isso outro dia. Melhor ir aos poucos e não passar da conta.
Depois de lavar e secar, eu fiz pequenas mechas de cor escura no papel alumínio. Cuidadosamente peguei apenas os fios, que na raiz estão escuros. Usei tinta Igora Royal na cor 7.0 e um pouquinho, da mesma marca, na cor 0-22, para ajudar a quebrar o avermelhado. Misturei a tinta à água oxigenada Richesse da L'Oreal, 9 volumes. Usei uma espátula larga para apoiar o papel alumínio e pincel. É mais difícil que fazer as luzes na touca então, quem não tem prática, é bom pedir ajuda a alguém ou fazer no salão. Fiz bem poucas mechas e finas, como nas luzes com a touca. Melhor repetir o processo um outro dia do que exagerar na dose. Essas mechinhas ficaram bem escuras, mas a cor vai clarear nas próximas lavadas.
Depois de lavar e tirar a tinta, eu usei a máscara matizadora da Salon Line Maionese. Gostei bastante do resultado. Quebrou um pouco o acobreado. Vou aguardar a semana para o cabelo se recuperar, pois ressecou um pouco e ver como ele se comporta. Aí decido se repito o processo.
Quem tiver alguma dúvida, por favor deixe nos comentários. Eu terei o maior prazer em ajudar. Até breve!!


2 comentários:

  1. Minha nossa, um blog para transição! Finalmente...Não tem perfil no FB?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adrica! É um prazer receber você aqui! Clique aqui para acessar meu perfil no Face SOS Cabelos.
      Obrigada por entrar em contato. Volte sempre, curta minha página no face, dê sua opinião e faça sugestões. Sua participação é muito importante!

      Excluir

Topo