27 de abril de 2019

Cabelos brancos: meu processo de transição

Há tempos eu estou devendo uma atualização sobre os meus cabelos. Por isso, preparei este post, selecionando algumas fotos que retratam todo o período de transição, desde quando pintei pela última vez, setembro de 2017, até eliminar toda a tinta dos cabelos. O processo todo levou 1 ano e 2 meses.

 


É claro que se eu tivesse cortado curtinho logo no início, o processo de transição teria sido muito mais rápido, mas eu estava tão empolgada em deixar os cabelos brancos, que curti ter tinta nas pontas dos cabelos até quando deu. Eu realmente me preparei para passar por isso, para ter os cabelos em vários tons (raiz com brancos e cor natural e restante com tinta) e para ouvir críticas e conselhos para voltar a pintar etc.


Amigos e familiares são os que mais têm coragem de dizer que não estão gostando. Muitas mulheres podem ficar chateadas com isso, mas pra mim isso fazia parte do pacote. A maioria das pessoas aprendeu desde cedo que cabelos brancos envelhecem e acreditam que, se você está bonita de cabelos tingidos, não ficará bem de cabelos brancos. Lembro de ter mostrado para minha mãe várias imagens do Pinterest, de mulheres lindas que assumiram os cabelos brancos e de ter ouvido ela dizer: está bonito, mas eu não gosto, você vai parecer mais velha, rsrs (risos meus). Tem também aqueles que não são muito próximos e que te dão uma encarada, como se dissessem: credo, como ela sai com os cabelos assim (em transição)?  Mas isso tudo não me desencorajou a continuar. Pelo contrário, me motivou ainda mais a mostrar que cabelos brancos também podem ser bonitos, bem cuidados e não te deixar mais velha.

A ideia de que cabelos brancos envelhecem e dão um ar de desleixo é cultural e pra mudar esse pré-conceito, tão arraigado, precisamos apresentar um novo conceito, que substitua o antigo. Esso novo conceito nós, mulheres de cabelos brancos assumidos, lindas e felizes, estamos construindo. É uma questão de tempo.


Tem uma música linda da Mallu Magalhães, que traduz bem o que eu senti no meu processo de transição. A parte do batom vermelho tem muito a ver comigo, pois passei a usar batons de cores fortes e vivas, como o vermelho, por dar um colorido especial e um destaque bacana no rosto de quem tem cabelos brancos. Separei um trechinho pra vocês terem uma ideia. Quem quiser ouvir a música toda, clique aqui:


"Pode falar que eu nem ligo, agora eu sigo o meu nariz [...]
Nem vem tirar meu riso frouxo com algum conselho,
que hoje eu passei batom vermelho..." Mallu Magalhães


É claro que as críticas e conselhos para voltar a pintar podem incomodar, mas eu tive apoio de muita gente: meu marido, meus filhos e de muitos amigos. Mesmo os amigos e familiares que não concordaram, eles apenas expressaram suas opiniões, mas sempre com muito respeito. Não lembro de ter passado por nenhuma situação embaraçosa. Também tive apoio de muitas mulheres desconhecidas, que encontrei por acaso na rua ou em algum evento e que vinham conversar comigo. Elas ficavam felizes e animadas em ver uma mulher que tinha assumido os brancos. Senti que muitas se encorajaram a também assumir os seus fios naturais. Por tudo isso eu posso dizer que foi muito bom passar por esse processo e eu faria tudo de novo se fosse necessário. E você, já tem cabelos brancos? Deixe sua opinião nos comentários ou compartilhe conosco suas experiências. Vamos adorar!

Veja também outros posts deste blog sobre o meu processo de transição: Assumindo os cabelos brancos, Sentindo-me linda de cabelos brancos, Cabelos brancos em transição - Clareando o comprimento sem pintar a raiz, Como disfarçar a raiz crescida dos cabelos - Resenha do Spray Amend Retoque da Cor, Clareando os cabelos com Dekapcolor e tantos outros posts, que você pode pesquisar pelas Tags ou no menu.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo